Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Diário de gratidão - Dia 224

por azulmar, em 07.06.15

O coro infantil na missa especial de hoje, dedicada a eles. Tal como disse o padre, soou a um coro de anjos. Um bocadinho desafinados, ainda assim anjos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diário de gratidão - Dia 223

por azulmar, em 06.06.15

Acabar o dia na esplanada (em casa ;) ). Ter uma esplanada em casa que me permite estar a escrever este post tranquilamente, numa noite amena e, neste momento, silenciosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diário de gratidão - Dia 222

por azulmar, em 05.06.15

Hoje à noite fui à Feira do Livro. É o meu Paraíso na Terra durante estes 15 dias. Claro que só consegui percorrer um dos lados da Feira, pois para ver tudo com atenção, não deu para mais. Devo lá voltar quarta, que é feriado. Noto que os preços de feira são demasiado altos, mas consegui comprar vários livros a metade do preço habitual porque eram livros do dia. Estou feliz. Também estou sem espaço para arrumar livros, mas isso agora não interessa nada. Estou feliz :) Obrigada

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diário de gratidão - Dia 221

por azulmar, em 04.06.15

Um dia calmo, sem sobressaltos. Numa semana que não tem sido nada pacífica, só posso agradecer este dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diário de gratidão - Dia 220

por azulmar, em 03.06.15

Os beijinhos dos miúdos logo de manhã e ao deitar. Fazem esquecer qualquer tristeza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diário de gratidão - Dia 219

por azulmar, em 02.06.15

Hoje o dia teve muito pouco de positivo. Está a ser uma semana difícil, digamos. O momento de gratidão de hoje? O ponto positivo? À falta de melhor, o momento em que escrevo estas palavras, em silêncio. Respiro fundo e preparo-me para descansar. Sem pensar em mais nada, apenas respiro fundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diário de gratidão - Dia 218

por azulmar, em 01.06.15

Hoje o dia não começou muito bem. E a manhã não foi muito melhor. Quando alguém que gosto muito me perguntou se podia almoçar comigo, respondi logo que sim, mas com uma vontade imensa de dizer que não. Estou grata por não ter recusado. A hora de almoço acabou por se revelar um óptimo momento de descontração e o resto do dia melhorou e muito. Foi uma excelente hora de almoço!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 4/4



foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D





Últimas leituras

13 Anos para Sempre, Marion
Nem Todas As Baleias Voam
Vamos Comprar Um Poeta
Sputnik, Meu Amor
Caçadores de Cabeças
Para Onde Vão Os Guarda-Chuvas
A Amiga Genial
Confissões de uma Médica
Stoner
Furiosamente Feliz - Um livro divertido sobre coisas horríveis
Sete Notas Musicais
O Escritor-fantasma
A Biblioteca
O Livro
Silêncio - O Poder dos Introvertidos num Mundo que Não Para de Falar
As Torrentes da Primavera seguido de Um Gato à Chuva e Outros Contos
O Quarto de Jack
Kafka à beira-mar
Os Números que Venceram os Nomes
Lugares Escuros


Azulmar's favorite books »