Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Canto de conversas

Umas vezes em modo Zen, outras nem por isso

Canto de conversas

Umas vezes em modo Zen, outras nem por isso

31 Dez, 2015

2015

2015 foi um ano calmo, apesar de tudo. Com mudanças a nível profissional, com desafios a nível pessoal, revelou-se bastante tranquilo. As mudanças não se revelaram tão complicadas como previ quando soube das mesmas, antes pelo contrário, e acho que a nível pessoal consegui manter a tal serenidade que pedi no início do ano. Vi e dei a vera neve aos meus filhos pela primeira vez. Completei um ano de Diário de Gratidão, que me fez ver as coisas boas que tenho no meu dia-a-dia, que me fez focar nelas quando as coisas não corriam tão bem. Li bastante, crochetei muito. Pela primeira vez passei as férias de Verão em casa, mas não foi por isso que deixei de me divertir. A família perdeu um elemento. A família continua unida. Com altos e baixos, mas isso faz parte e o que interessa é que tudo se supera e superou.

 

Obrigada 2015. Até sempre.

31 Dez, 2015

Último dia do ano

Está um céu nubladíssimo, não sei se não choverá mesmo, e estão 13 ºC às 11 horas da manhã. Um dia completamente diferente do último dia de 2014, para pior, na minha opinião, até a nível de temperatura (estas temperaturas elevadas no Inverno não sã nada boas para o ambiente do nosso planeta, pensem nisso).

28 Dez, 2015

The Voice Portugal

Mas só há músicas gritadas? Tirando o cantor de ópera, que cantou lindamente e um outro concorrente, aquele pessoal ganhou aos gritos. Ah, esqueci-me daquela que cantou o fado, ou melhor, estragou o fado.

Pág. 1/5