Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Canto de conversas

Umas vezes em modo Zen, outras nem por isso

Canto de conversas

Umas vezes em modo Zen, outras nem por isso

31.12.19

Último dia do ano


Carla

Mais uma vez, cumpro a tradição (só  'furei' no ano passado) e faço o relatório da metereologia do último dia do ano.

 

Está frio, 8ºC mais propriamente. Tem estado nevoeiro e não dá para perceber se vamos ter sol ou se o dia vai estar assim meio cinzento, mas sem chuva. Basicamente, um dia normal de Inverno.

31.12.19

2019


Carla

2019 foi um bom ano. Sou sincera, nunca gostei de anos ímpares, geralmente são os que me correm menos bem (ou mal mesmo), mas este ano até foi bastante "simpático", como dizia a minha baixinha.

 

A minha família manteve-se unida, sem grandes precalços, sem grandes problemas de saude (ainda que ande a pairar uma operação para o ano que vem).

 

Ganhei uma nova família, a família das batukadas (assim mesmo com 'k'), cheia de gente boa e divertida.

 

Passeei, brinquei, celebrei vitórias a nível pessoal e com a família (as duas).

 

Tinha grandes expectativas para o meu 50.º aniversário que não se cocretizaram em quase nada, mas, curiosamente, foi este ano, quando comemorei os meus 51 anos, que senti que essas expectativas se estavam finalmente a realizar-se.

 

Estou mais serena. E 2019 trouxe-me essa serenidade.

 

Obrigada 2019. Até sempre.

19.12.19

E a 5 dias do Natal


Carla

Sinto-me esgotada física e psicologicamente. E ainda tenho todas as prendas que quero oferecer por comprar/fazer.

Não dou 'merdinhas', gosto de oferecer consoante a personalidade da pessoa a quem ofereço. E para isso preciso de disponibilidade. Que é coisa que não tenho.

Esta época Natalícia está a ser muito estranha para mim. Vá lá, consegui 'enfeitar' aqui o Canto. 

09.12.19

Orgulho. Muito. ❤


Carla

IMG_20191208_012457[1608] (1).jpg

Participação especial com UHF, Academia Almadense, 7 de dezembro 2019.

"Era de noite e levaram"

"Era de noite e levaram
Era de noite e levaram
quem nesta cama dormia
nela dormia, nela dormia.

Sua boca amordaçaram
Sua boca amordaçaram
com panos de seda fria
de seda fria, de seda fria.

Era de noite e roubaram
Era de noite e roubaram
o que nesta casa havia
na casa havia, na casa havia.

Só corvos negros ficaram
Só corvos negros ficaram
dentro da casa vazia
casa vazia, casa vazia.

Rosa branca rosa fria
Rosa branca rosa fria
na boca da madrugada
da madrugada, da madrugada.

Hei-de plantar-te um dia
Hei-de plantar-te um dia
sobre o meu peito queimada
na madrugada, na madrugada."

Zeca Afonso

 

Se quiserem perceber o motivo extra de orgulho, procurem na página de facebook dos UHF.

06.12.19

Hoje vou andar por aqui


Carla

Tenho uma profissão que depende muito das chefias. Neste momento, trabalho diretamente com 7. Se há dias em que é difícil respirar no meio de tudo o que há para fazer, há outros, como é o caso de hoje, em que estão todos fora numa reunião e eu fico, basicamente, a olhar para as paredes. Surge assim uma ou outra coisa esporádica, mas só estou mesmo aqui hoje porque sim.

Sim, sou uma privilegiada, tenho emprego e tenho dias assim. Mas felizmente que dias destes só acontecem duas a três vezes por ano, porque estar sem fazer nada também cansa.