Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Canto de conversas

Umas vezes em modo Zen, outras nem por isso

Canto de conversas

Umas vezes em modo Zen, outras nem por isso

Até a Primavera ficou fechada em casa

20
Mar20

IMG_20200320_081808.jpg

Já eu, continuo a vir trabalhar até a empresa arranjar os acessos para poder trabalhar em casa. 

Entretanto, deixei de vir de autocarro. Podendo, prefiro vir na (suposta) segurança do meu carro. 

Tenho os dois filhos e o marido em casa. Quando chego, abrem-me a porta e vou direita à casa de banho, onde já está tudo preparado, e entro no duche, sem tocar em nada. Só depois os cumprimento, voltando à vida (a) normal de casa.

O filho mais velho, que já não vive comigo, também continua a trabalhar. Na recepção de um hotel, com todos os riscos que isso acarreta nesta altura. 

Já dei por mim a chorar sozinha. E a minha situação pessoal e profissional nem é das piores.

Nunca o desejo de Saúde a cada passagem de ano fez tanto sentido. As pessoas despedem-se com um "saúde" em vez do "adeus" ou "até logo" de outras épocas (que me parecem longínquas!).

 

Estranhos tempos estes. Daqueles que apenas conhecíamos dos livros... 

Os dias estão frios, como se espera em Janeiro

03
Jan20

IMG_20200103_111518.jpg

E o jeitaço que me têm dado todas as golas, cachecóis e afins que tenho feito?

 

Já houve quem me perguntasse se não eram demais, se não sabia fazer outra coisa. Sei, até sei. Mas assim ando quentinha, com um modelo diferente todos os dias (ou até o mesmo modelo, mas de cores diferentes). E fui eu que fiz, com lãs escolhidas por mim, não comprei num 'chinês' qualquer, costumizados e feitos com fios 'rascas'. 

 

Proud of myself, nota-se muito? 

A pessoa já não vai para nova

19
Nov19

A pessoa trabalha desde os 16 anos. A pessoa vai já a caminho dos 52 anos. A pessoa começa a pensar na reforma e no descanso. A pessoa só ouve outras pessoas à sua volta a dizer que depois tem que se arranjar qualquer coisa para fazer ('tipo' trabalho). A pessoa pensa que está gente é toda doida, porque levam o tempo todo a dizer que querem descansar e depois, quando têm possibilidade disso, querem trabalhar.

A pessoa não é assim. Pode mesmo dizer-se que a pessoa é calona, quer é sopas e descanso. Quer ler. Quer crochetar. Quer, de vez em quando, viajar. Quer, mesmo, vegetar no sofá.

É o feitio da pessoa e ninguém tem nada com isso. Mandem nas vidas delas, ora essa! 

Ausência

05
Nov19

O Diário de Gratidão voltou a ser interrompido. Há dias em que não me apetece mesmo andar por aqui. Portanto, e porque o DdG não é uma obrigação, vou escrevendo quando me apetecer realmente.

Não gosto deste tipo de obrigações que às vezes me imponho. Com esta idade já me devia conhecer e saber que vou 'desobedecer'... 

Diário de Gratidão 10

10
Out19

Um dia feliz. Um dia em que estive sozinha comigo. Um dia em que lanchei com dois dos meus amores maiores. Um dia em que jantei com os outros três dos meus amores maiores. Um dia em que recebi mensagens e telefonemas de muitos amigos e pessoas que me querem bem. Obrigada a todos eles.
50+1. Como disse um dos miúdos, que dê para chegar, pelo menos, aos 100+2. Com saúde e alegria.
Foi um dia feliz.

IMG_20191010_124416.jpg

 

Hoje o Canto faz anos

01
Out19

Fotor_156975212193517.jpg

 

5 anos. Inicialmente muito ativo, ultimamente bastante parado. E porque 5 anos são meia década, é um marco importante, tomei uma decisão. Vou voltar ao Diário de Gratidão que comecei no primeiro mês deste blog. Não porque ultimamente se tenha escrito muito sobre Gratidão aqui pela Saposfera. Apenas porque tenho a intenção de escrever todos os dias sobre o tanto que tenho para ser grata, para voltar a tornar este blog naquilo que ele é, um canto de conversas, sejam do que for e nem que sejam comigo mesma.

Ah! Vou também tentar publicar uma foto por dia. Porque acho giro fotografar detalhes do dia-a-dia. Mas sem promessas.

E pronto, acho que é isto. Parabéns Canto!